MÃE ACORDA E DESCOBRE QUE FILHOS FORAM MORTOS COM MARTELO E FACA PELO CUNHADO

crime segue sob investigação das autoridades locais

Ao acordar, uma mãe descobriu que seus filhos foram mortos com martelo e faca pelo namorado da sua irmã dentro da sua própria casa da Flórida, nos Estados Unidos (EUA), nesta terça-feira (22).

Mãe acorda e descobre que filhos foram mortos com martelo e faca pelo cunhado

29 de agosto de 2020 – 15:35 – Atualizado em 29 de agosto de 2020 – 15:35

De dacordo com o jornal The Mirror, Mark Wilson foi preso como principal suspeito de assassinar Robert Baker, de 12 anos, e Tayten Baker, de 14, de maneira completamente “sem piedade”, segundo o promotor do caso.

Mãe acorda e descobre que filhos foram mortos durante a madrugada

De coração partido, a mãe dos meninos afirmou à polícia que estava dormindo com o filho mais novo quando Mark Wilson, namorado de sua irmã, atacou seus outros dois filhos.

Conforme o jornal Tampa Bay Times, o suspeito vivia em um galpão da família, e a motivação para o crime ainda não foi descoberta.

Em uma postagem no Facebook o xerife do caso Gator Deloach escreveu:

“Mark Wilson, o monstro doente responsável pelo brutal assassinato de Tayten e Robert foi preso ontem à noite.Como pai, os assassinatos de Robert e Tayten são uma perda inimaginável para uma família”.

Além disso, o procurador estadual RJ Larizza afirmou à imprensa que este foi um dos assassinatos mais brutais do qual ele já ouviu falar. “Ele atacou essas duas crianças sem piedade”.

FAMÍLIA ESCUTA BARULHO NO ASSOALHO E ENCONTRA ONÇA PARDA EMBAIXO DA CASA, EM QUEDAS DO IGUAÇU

Animal foi resgatado e encaminhado para zoológico de Cascavel Paraná

Uma onça parda, de aproximadamente 80 quilos, foi encontrada embaixo do assoalho de uma casa na cidade de Quedas do Iguaçu, no oeste do Paraná, na noite deste domingo (30). A família que mora na residência escutou um barulho e resolveu dar uma olhada, quando viu o felino o Corpo de Bombeiros foi acionado. Policiais militares e ambientais também ajudaram na captura da onça.

Família escuta barulho no assoalho e encontra onça parda embaixo da casa, em Quedas do Iguaçu

(FOTO: CORPO DE BOMBEIROS

31 de agosto de 2020 – 07:53 – Atualizado em 31 de agosto de 2020 – 07:53

A ocorrência foi registrada na rua Platano, no bairro São Cristóvão, em Quedas do Iguaçu, por volta das 21h deste domingo. O animal estava deitado embaixo da residência quando os bombeiros chegaram no local. A casa foi isolada e os moradores retirados com segurança. PUBLICIDADE

Após alguns minutos, a onça foi capturada e levada para o zoológico de Cascavel, também no oeste. Nesta segunda-feira (31) o animal passará por exames e caso esteja tudo bem será solta novamente no meio-ambiente. A suspeita é que o felino tenha saído da área de preservação do Parque Nacional do Iguaçu.

onca casa quedas do iguacu
Animal foi sedado e encaminhado para Cascavel (FOTO: CESAR MINOTTO)

Na última semana, uma onça foi encontrada em um abacateiro em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Menino de seis anos que contraiu coronavírus enquanto tratava câncer morre em Curitiba

O garoto passou 47 dias internado no Hospital Pequeno Príncipe, mas acabou não resistindo


 em 31 de agosto, 2020 as 08h33.

O menino Bruno Emanuel Ignácio, de 6 anos, morador de Curitiba, morreu neste domingo (31), vítima da covid-19. Ele fazia um tratamento contra um câncer na cabeça e acabou contraindo a doença. Passou 47 dias internado no Hospital Pequeno Príncipe, mas acabou não resistindo

Homenagem da professora Jaqueline Fogaça ao menino Bruno

O drama de Bruno começou em 2017, quando ele foi diagnosticado com câncer na cabeça. Em 2020, após se recuperar do primeiro tumor, Bruno foi novamente detectado com a doença. Após 30 seções de radioterapia, o menino teve que voltar ao hospital porque foi contaminado com o novo coronavírus. A família chegou a realizar uma vaquinha virtual para custear o tratamento do garoto.

A professora da escolinha da igreja que a família do menino frequenta, Jaqueline Fogaça, disse que Bruno foi um guerreiro. “Ele viveu até os seis anos sendo uma luz na nossa vida. Desde o nascimento, já havia um tumor no cérebro, então ele lutou, lutou e agora o caso agravou. Veio o coronavírus, ele lutou muito, mas não conseguiu superar”, lamentou.

Jaqueline agradeceu a todos que ajudaram a família de Bruno. “Muita gente ajudou e desejou melhora. Agora, estamos todos paralisados em choque com o que aconteceu, acreditando que ele descansou e foi para o céu”, disse.

Coronavírus

Cinco dias após receber alta do tratamento, o menino teve uma nova recaída. Desta vez, o novo coronavírus se tornou o problema. Para piorar, a mãe dele, Maria Eliane Vitorino, tinha recebido à época outra notícia negativa. “Além de tudo, após tirar o segundo tumor em junho, eles acabaram encontrando mais uma recidiva. Ou seja, mais um câncer. Devido ao excesso de radiação e ao novo coronavírus, o Bruno continua internado e não pode operar mais uma vez”, disse em entrevista realizada sobre o tratamento do garoto.

PF cumpre 600 mandados em operação contra facção criminosa; Justiça bloqueia até R$ 252 milhões

Integrantes do grupo que estão detidos em presídios federais recebiam auxílio mensal por terem ocupado cargos de alto escalão.

31/08/2020 06h41  Atualizado há 5 minutos


PF cumpre 600 mandados contra facção criminosa em 19 estados e no DF

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.405.0_pt_br.html#goog_1770270019–:–/–:–

PF cumpre 600 mandados contra facção criminosa em 19 estados e no DF

Operação 'Caixa Forte' cumpre mais de 600 mandados nesta segunda-feira (31) — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Operação ‘Caixa Forte’ cumpre mais de 600 mandados nesta segunda-feira (31) — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Uma força-tarefa coordenada pela Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta segunda-feira (31), operação contra facção criminosa ligada ao tráfico de drogas. Foram bloqueados cerca de R$ 252 milhões em contas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

São cumpridos mais de 600 mandados de prisão e de busca e apreensão na operação que investiga tráfico de drogas e lavagem de dinheiro praticados pelo PCC. A Justiça de MG determinou o bloqueio de até R$ 252 milhões dos investigados.

Segundo a PF, esta é a maior operação da corporação em número de estados, mandados e valores apreendidos. Só em um endereço, em Santos, no litoral de São Paulo, foram apreendidos R$ 2 milhões e US$ 730 mil.

Mais de R$ 2 milhões foram apreendidos em Santos, litoral de SP, nesta manhã — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Mais de R$ 2 milhões foram apreendidos em Santos, litoral de SP, nesta manhã — Foto: Polícia Federal/Divulgação

De acordo com as investigações, 210 pessoas que estão atualmente detidas em presídios federais recebiam um auxílio mensal da facção por terem alcançado cargos de alto escalão na organização criminosa ou por terem realizado missões como a execução de servidores públicos.

Os pagamentos, afirma PF, eram feitos por meio de contas de pessoas que não pertenciam à facção, a fim de evitar a identificação dos recursos por parte das autoridades.

Força-tarefa realiza operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em 19 estados e no DF — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Força-tarefa realiza operação contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em 19 estados e no DF — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Dos 600 mandados, 422 são de prisão, parte deles (173) contra pessoas que já estão detidas. As ordens são cumpridas em 19 estados e no Distrito Federal (veja a lista abaixo). Em Minas Gerais, o alvo está em Belo Horizonte.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Entre os alvos estão integrantes do PCC, familiares e outras pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização. O estado com o maior número de mandados de prisão é o Paraná, com 101.

A operação foi batizada de Caixa Forte e é realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais (FICCO), composta por PF, Polícia Civil de Minas Gerais, Polícia Rodoviária Federal e Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e Departamento Penitenciário de MG.

Operação 'Caixa Forte', em Belo Horizonte — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Operação ‘Caixa Forte’, em Belo Horizonte — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação

Locais onde há alvos da operação:

  1. Acre
  2. Alagoas
  3. Amazonas
  4. Ceará
  5. Distrito Federal
  6. Goiás
  7. Minas Gerais
  8. Mato Grosso do Sul
  9. Mato Grosso
  10. Pará
  11. Paraíba
  12. Pernambuco
  13. Paraná
  14. Rio de Janeiro
  15. Rio Grande do Norte
  16. Rondônia
  17. Roraima
  18. Rio Grande do Sul
  19. Santa Catarina
  20. São Paulo

Vítimas de acidente na BR-304, jovens faziam viagem sozinhas para comemorar primeiro emprego

Jovens tinham idades entre 15 e 20 anos e saíram da comunidade da Maísa, na zona rural de Mossoró, para passar fim de semana em Natal.

Por Inter TV Costa Branca

29/08/2020 13h17  Atualizado há um dia

Vítimas de acidente seguiam para Natal, em primeira viagem sozinhas — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Vítimas de acidente seguiam para Natal, em primeira viagem sozinhas

As quatro jovens com idades entre 15 e 20 anos que morreram em um acidente nesta sexta-feira (28) na BR-304, no Rio Grande do Norte, faziam a primeira viagem sozinhas para comemorar o primeiro emprego da mais velha delas.

Evelin Raiane, de 20 anos, Maria Izabel, de 17, Isabel Medeiros, 15, e Rayanni Silva, 17 anos saíram da comunidade da Maísa, na zona rural de Mossoró, para comemorar a contratação de Evelin em uma empresa de produção de frutas, onde trabalhava antes como jovem aprendiz e foi efetivada.

Elas contrataram um motorista para levá-las a Natal, onde passariam o fim de semana na praia de Ponta Negra, e voltar na tarde de domingo (30). Porém, o carro se chocou contra um carreta que seguia no sentido oposto da BR-304, em um trecho no município de Santa Maria, que está em obras.

O motorista que levava as jovens, que tem 35 anos foi socorrido com vida, mas está internado em estado grave no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

Evelin Raiane e Maria Izabel eram irmãs. Isabel Medeiros, de 15 era tia delas, mas morava com a família das sobrinhas há meses e, pela proximidade de idade, era tratada como uma irmã das meninas. Já Rayanni Silva era amiga das três.

Elas saíram por volta das 8h30 da sexta-feira (28), porém, o que seria um fim de semana de diversão se transformou em uma tragédia.

Agricultor Jonacir Ferreira de Lira mostra foto das filhas vítimas em acidente na BR-304, em Natal — Foto: Isaiana Santos/Inter TV Costa Branca

Agricultor Jonacir Ferreira de Lira mostra foto das filhas vítimas em acidente na BR-304, em Natal — Foto: Isaiana Santos/Inter TV Costa Branca

“Eu nunca tinha sentido tanta coisa. De ontem para cá, estou arrasado. Estou em pé porque Deus é grande. Eu não sei o que vai ser da minha vida agora”, disse o agricultor Jonacir Ferreira de Lira, pai de Evelin e Maria Izabel. Ambas trabalhavam e também ajudavam os pais em uma venda na comunidade onde moravam.

Os corpos da vítima, que foram levados para Natal, foram liberados pelo Instituto Técnico Científico de Perícia neste sábado (29) para sepultamento.

Grave acidente na BR-304 deixa 4 jovens mortas e 1 ferido — Foto: Cedidas / PRF

Grave acidente na BR-304 deixa 4 jovens mortas e 1 ferido — Foto: Cedidas / PRF

Flordelis ofereceu filha ‘sexualmente’ a pastores evangélicos, diz testemunha

Denúncia obtida pelo Fantástico aponta ainda que Pastor Anderson, que foi assassinado, se relacionava sexualmente com uma das filhas afetivas.

Por Murilo Salviano, Fantástico

30/08/2020 20h34  Atualizado há 7 horas


'Cruel, especialista em manipular', diz MP sobre Flordelis; veja depoimentos exclusivos

‘Cruel, especialista em manipular’, diz MP sobre Flordelis; veja depoimentos exclusivos

Um depoimento obtido pelo Fantástico da investigação que aponta a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) como mandante do assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, mostra que a parlamentar teria oferecido uma filha afetiva do casal para pastores estrangeiros.

“(A testemunha) lembra que em determinada época (os familiares) receberam a visita de pastores pentecostais estrangeiros. (…) O declarante lembra que, como forma de recepção para os tais pastores, (uma das filhas) foi oferecida sexualmente para os mesmos. Flordelis foi quem fez a oferta”

Vídeos do caso Flordelis:

33 vídeos

As testemunhas relatam também relações sexuais entre Anderson e uma filha afetiva, além de noitadas em “casas de swing”. Segundo a denúncia, há uma “completa dissociação entre a imagem construída e as práticas do grupo familiar”.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

“A testemunha se recorda que [o pastor] Anderson (…) com a permissão de Flordelis (…) se relacionava sexualmente” com uma das filhas afetivas, que “não gostava dessa situação, mas obedecia” a mãe.

Pastor Anderson e Flordelis — Foto: Reprodução/TV Globo

Pastor Anderson e Flordelis

Mandante do crime

Segundo a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio, Flordelis mandou matar o marido por questões financeiras e poder na família — — o pastor controlava todo o dinheiro do Ministério Flordelis, hoje rebatizado de Comunidade Evangélica Cidade do Fogo.

Nesta segunda, oito pessoas foram presas pelo envolvimento no crime, durante a Operação Lucas 12.

Flordelis não pôde ser presa por causa da imunidade parlamentar — quando somente flagrantes de crimes inafiançáveis são passíveis de prisão.

Segundo a polícia, antes do assassinato a tiros, Flordelis começou a tentar matar o marido em maio de 2018, botando arsênico na comida dele.

As prisões foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Niterói, que aceitou a denúncia do MP e tornou Flordelis ré.

Resumo

  • O inquérito concluiu que Anderson foi morto por questões financeiras e poder na família — o pastor controlava todo o dinheiro do Ministério Flordelis, hoje rebatizado de Comunidade Evangélica Cidade do Fogo.
  • Flordelis é uma das 11 pessoas denunciadas pelo MPRJ (veja a lista abaixo).
  • Após o crime, Flordelis relatou em depoimento e à imprensa que o pastor teria sido morto em um assalto.
  • A deputada vai responder por cinco crimes: homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima), associação criminosa, falsidade ideológica e uso de documento falso. Pelo envenenamento, ela responderá por tentativa de homicídio.

Terremoto de 2,7 de magnitude é registrado em Amargosa; é o segundo registro na Bahia em menos de 24h

Geólogos avaliam que terremoto foi de magnitude normal, por ter sido abaixo de 3. Cidades do Vale do Jiquiriçá e do Recôncavo Baiano sentiram tremor mais forte, de 4,6 na manhã deste domingo (30).

Por G1 BA

30/08/2020 19h30  Atualizado há 13 horas

Um terremoto de magnitude 2,7 foi registrado na Bahia, na cidade de Amargosa, que fica no Recôncavo Baiano, na noite deste domingo (30), segundo cálculos do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

É o segundo registro de terremoto na Bahia em menos de 24 horas. O primeiro, de magnitude 4,6, aconteceu na manhã deste domingo, na região das cidades de Mutuípe, que fica no Vale do Jiquiriçá, bem próximo do município de Amargosa.

O G1 entrou em contato com Aderson Nascimento, coordenador do Laboratório de Sismologia da UFRN, que faz o monitoramento dos fenômenos. Ele explicou que o segundo terremoto registrado neste domingo teve baixa magnitude e foi sentido apenas em Amargosa e nas cidades próximas.

“A gente registrou um de magnitude 2.7, na região de Amargosa. Aconteceu às 18h11”, afirmou Aderson Nascimento.

“É uma magnitude mais baixo do que a de mais cedo, em Mutuípe, mas o pessoal que está na cidade ou perto, devem ter sentido bem e obviamente quando você já está assustado com a situação de hoje de manhã, você fica psicologicamente abalado”, explicou.

No site do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), constam nove registros de terremotos nas regiões de Amargosa, todos na manhã deste domingo, com magnitudes de 1,6 e 4,2 respectivamente.

Primeiro terremoto

O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte registrou um terremoto de magnitude 4,6 na região das cidades de Mutuípe, que fica no Vale do Jiquiriçá, e Amargosa, no Recôncavo Baiano, na manhã deste domingo.

Moradores de várias cidades do estado, como Castro Alves, São Miguel das Matas e Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, relataram o impacto do terremoto. Em Salvador, os tremores também foram sentidos. Não há registro de feridos.

Morador de Mutuípe (BA) relata terremoto: ‘Sensação terrível’

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.405.0_pt_br.html#goog_114279531100:00/02:15

Morador de Mutuípe (BA) relata terremoto: ‘Sensação terrível’

O geólogo Eduardo Menezes, que também é do Laboratório de Sismologia da UFRN, explicou que os tremores são causados por pressões nas falhas geológicas.

“Esses tremores ocorrem, não só na Bahia, como em outras partes do Brasil, principalmente no Nordeste, onde a gente tem a maior concentração de áreas sismicamente ativadas. Esses tremores ocorrem por falhas geológicas, por pressões que atuam sobre as rochas no subsolo e geram esses tremores que são sentidos na superfície. Quando ele ocorre próximo a áreas urbanas, a repercussão é muito maior do que quando ocorre em áreas remotas, a exemplo dos tremores que ocorrem no Amazonas. Lá, além da profundidade ser muito grande, não existe população com densidade a exemplo de Salvador, na Bahia, ou Pernambuco, ou Rio Grande do Norte ou Ceará. Então esses tremores são exatamente originados através desses movimentos que existem dessas falhas, que geram esses tremores, que são sentidos pela população, detalhou.

Eduardo Menezes avaliou também que o normal é que os tremores tenham magnitude abaixo de 3, portanto o terremoto de 4,6 registrado na Bahia é considerado de alta magnitude.

“Em uma magnitude dessa ordem, de 4,6, que é o que a gente tem registro, ele realmente assusta e pode chegar a derrubar alguns objetos de prateleira, pode sentir vibrações em telhados e janelas. É normal que as pessoas se assustem. Não são comuns frequências de tremores nessa grandeza. A maioria dos tremores que ocorrem aqui no Nordeste do Brasil, em geral, são de magnitude abaixo de 3”, detalhou Eduardo.

Terremoto de 4,6 de magnitude é registrado na Bahia

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.405.0_pt_br.html#goog_114279531300:00/00:48

Terremoto de 4,6 de magnitude é registrado na Bahiahttps://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Outros tremores na Bahia

Há cerca de 10 dias, moradores de Cachoeira, que também fica no recôncavo baiano, também relataram tremores de terra. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) informou que o fenômeno ocorreu na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira, e teve magnitude de 1.6 mR.

No mês de julho, um terremoto de 3,5 de magnitude foi registrado na região do litoral sul da Bahia. O tremor aconteceu na altura da cidade de Ilhéus e também foi registrado por sismólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que fazem o monitoramento.

Tremor de magnitude 3,5 é registrado na costa do litoral da Bahia; confira

https://imasdk.googleapis.com/js/core/bridge3.405.0_pt_br.html#goog_114279531500:00/05:09

Tremor de magnitude 3,5 é registrado na costa do litoral da Bahia;

Pico da pandemia de Covid-19 coincide com o pico da H1N1 em 2009, diz médica infectologista de Curitiba

26 de agosto de 2020

Na sexta-feira (21), em live da prefeitura de Curitiba, a médica infectologista, Marion Burger, da Secretaria Municipal de Saúde afirmou que o pico da pandemia de covid-19 na capital aconteceu em julho. Segundo a médica, os números das últimas semanas indicam que agora a tendência é de queda na curva da doença.

A infectologista disse ainda que o pico da Covid-19 coincide com o pico da H1N1, em 2009.

“A gente teve o pico da infecção realmente no mês de julho, como a gente teve em 2009 o pico da infecção pela H1N1 neste mesmo mês. Felizmente nos últimos tempos vem baixando o número de casos confirmados e internados pelo novo coronavírus. Em junho, a gente olhava e via que a curva ia subir, mas agora estamos vendo o trem descendo esse pico”, revelou Burger.

A médica infectologista ainda falou sobre a taxa R em Curitiba, que continua abaixo de 1.

“O nosso R continua abaixo de 1, o nosso desejo é que ele sempre esteja abaixo de 1 e cada vez menor. Ele tem se mantido assim desde o início de agosto até hoje. Recalculamos de novo o R e ele está agora em 0,87”, explicou a infectologista.

Mas o que significa essa taxa?

É ela que determina o potencial de propagação de um vírus dentro de determinadas condições, segundo cientistas se o número é superior a 1, cada paciente transmite a doença para pelo menos mais uma pessoa, e o vírus se espalha. Se é menor do que 1, a tendência é de redução na transmissão.

Confira os números do boletim desta terça-feira (25):

312 novos casos
7 novos óbitos

Números totais

Confirmados – 30.537
Investigação – 581
Recuperados – 25.597
Óbitos – 932

Massa polar avança: Feriado de 7 de setembro terá frio intenso e possibilidade de neve no Sul do Brasil

26 de agosto de 2020

Neve
2016: Serra de SC foi muito procurada há quatro anos por turistas de todo país por causa de registro de neve, geada e frio intenso —

Ao que tudo indica, o frio que paira sobre a região sul do Brasil ainda poderá surpreender nas últimas semanas deste inverno, com o avanço de fortes frentes frias de origem polar. As massas de ar frias, no entanto, não devem alcançar todo o país, a tendência agora é que o ar frio intenso atue apenas sobre o extremo sul do Brasil, atingindo especialmente o Rio Grande do Sul e as serras paranaenses e catarinenses.

As previsões meteorológicas indicam que duas massas de ar frio podem entrar no Brasil, com intensidade moderada, segundo o Climatempo.

A primeira onda de frio deve chegar ao extremo-sul do país no dia 1 de setembro. Algumas simulações computacionais indicam que a onda de frio vem forte, com uma massa de ar polar intensa que alcançaria até 1042 hPa na região da Bacia do Prata, entre o Argentina e o Uruguai. Outras simulações, no entanto, apontam que esta massa polar seria apenas moderada. Nas duas situações há indicativo de geada e frio notável em toda a região com exceção do litoral catarinense.

Ainda há a ainda a preocupante indicação de um ciclone extratropical intenso no litoral do Rio Grande do Sul.

A segunda frente, porém, será mais forte, e indica a possibilidade de frio intenso bem feriado da Independência, 7 de Setembro, que vai ser prolongado. Pela configuração observada nesta terça-feira, 25 de agosto, há indicação inclusive padrão típico de neve, o que seria atípico para a época do ano.