Número de bebês abandonados aumenta durante a pandemia e causa dor moral

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, que tem causado milhares de vítimas fatais em todo o mundo, o número de bebês abandonados tem aumentado significativamente. Essa situação preocupa, uma vez que há falta de informações para essas mães sobre as maneiras legalizadas para entregar uma criança para a adoção.

O número de bebês abandonados tem aumentado consideravelmente em uma das capitais brasileiras mais conhecidas e visitadas do país: Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais. Somente na última semana foram registrados quatro casos de abandono.

Valéria Rodrigues, que é uma desembargadora responsável pela Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, afirma que esses abandonos acontecidos em meio à pandemia não significam que este seja o fator que vem aumentando esses casos.

Em uma entrevista concedida ao jornal Correio Braziliense ela dá um pouco mais de detalhes sobre o caso que tem preocupado a todos, causando uma dor moral a todos que possam ler esse caso, uma vez que essa situação é de partir o coração.

Muitas vezes, essas mães escondem a gravidez. Então, elas têm medo de ser descobertas pela família e pela sociedade. A entrega legal concretiza o direito fundamental à vida, pois inibe o aborto, tráfico de crianças e adoções ilegais, inegavelmente uma realidade social”, diz ela durante a entrevista.

Ainda segundo a desembargadora, essas mulheres que estão esperando um filho passam por momentos de muita insegurança temendo o julgamento de outras pessoas. Elas precisam ter acesso as informações certas para evitar que esse triste cenário aconteça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.