Mais de 104 milhões de pessoas têm pedido negado para auxílio emergencial

11 de abril de 2020

É verdade que muitos brasileiros tentaram se aproveitar da situação concedida pelo governo através do auxílio emergencial que será pago a trabalhadores que realmente precisam da ajuda, tanto que mais de 104 milhões de pessoas realizaram cadastro com o intuito de receber a quantia de R$600 e tiveram seus pedidos negados.

Segundo o banco responsável pelo cadastro, neste montante estão incluídas pessoas que estão com problemas documentais e outras que não possuem direito ao auxílio, seja por desconhecer os requisitos ou até mesmo por ter agido de má fé, o que em casos extremos poderia ser considerado fraude.

Vale lembrar que os pedidos que foram realizados através do site e aplicativo disponibilizados pelo governo, estão todos sendo analisados por uma empresa que é diretamente ligada ao ramo tecnológico e que ainda mantêm laços com o Ministério da Economia, sendo ela a Dataprev, que ainda conta com o apoio do Banco do Brasil.

A Caixa Econômica ainda relatou que mais de 31 milhões de brasileiros conseguiram concluir seu cadastro com sucesso e agora esperam pelo dinheiro, um número muito abaixo dos mais de 135 milhões que tentaram se cadastrar, o que nos leva ao número de pessoas que não possuem o direito ao auxílio emergencial do governo.

Com isso, o governo ressaltou que a Polícia Federal e a ABIN, trabalham em possíveis desvios e estão atentas a qualquer fraude, fazendo com que o responsável por tentar se aproveitar da situação possa ser penalizado, conforme manda a lei em referência ao caso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.