Jornalistas são presos pela Polícia Militar durante o jogo do Paraná, relata rádio

O repórter da rádio Transamérica, Jairo Silva Junior, e o assessor de imprensa do Paraná Clube, Irapitan Costa, foram presos pela Polícia Militar de Santa Catarina, segundo relato da própria emissora. O caso ocorreu nos minutos finais do empate entre Criciúma e Paraná Clube, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma.

Jairo Silva Junior, o Jairinho, narrou a própria prisão, ao vivo. Ele comentou na transmissão que um abuso de poder estava sendo cometido pela PM de Santa Catarina contra o jornalista Irapitan Costa. Jairinho contou que tentou filmar essa situação e teve seu telefone celular apreendido pela PM. Ele ‘abriu’ o microfone e tentou conseguir explicações dos policiais, que preferiram prender o profissional de imprensa.

Minutos depois, o apresentador Marcelo Fachinello, da rádio Transamérica, explicou que a confusão começou com o diretor de futebol do Paraná Clube, Alex Brasil, que acabou detido pela PM. Irapitan tentou intervir e também acabou preso. No entanto, ainda não há informações mais precisas sobre o ocorrido.

A PM ainda não explicou o motivo para as ações contra o dirigente e contra os profissionais de imprensa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.