Operário-PR empata com o Atlético-GO e ajuda o Coritiba na Série B

Em jogo com falhas individuais nos dois gols, Operário-PR e Atlético-GO ficaram no empate por 1 a 1, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, nesta sexta-feira, pela 32.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time da casa estava perdendo e com um jogador a menos, mas buscou o empate aos 43 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Operário chegou aos 45 pontos, na oitava colocação, mas não consegue se aproximar do G4, que começa justamente com o Atlético-GO, quarto colocado com 51. O resultado ajudou o Coritiba, que mais cedo havia vencido o Botafogo-SP e foi a 52 pontos. O time curitibano roubou a terceira posição dos goianos, que caíram para 4º lugar.

Para o clube goiano, ainda pode ser pior. O América-MG ainda joga contra a Ponte Preta no sábado e, se vencer, assume a quarta colocação. Esse foi o sétimo jogo seguido do Atlético-GO sem vencer, com seis empates.

Na primeira etapa, o Atlético foi superior e criou uma série de chances para abrir o placar, mas se precipitou na hora da finalização. O centroavante Pedro Raul teve duas boas oportunidades, mas chutou para fora.

Mesmo jogando em casa, o Operário adotava postura mais defensiva e tentava surpreender no contra-ataque, mas errava muitos passes e não conseguia pegar a defesa adversária desprevenida.

Após o intervalo, o Operário melhorou e passou a equilibrar as ações, mas cometeu um erro fatal aos 20 minutos. Índio saiu jogando errado e a bola sobrou limpa para Pedro Raul contra o goleiro Rodrigo Viana. Dessa vez, o centroavante não desperdiçou e abriu o placar com um toque no canto direito.

O time da casa não teve outra opção senão se lançar ao ataque no final do jogo e quase empatou em chute de fora da área de Mailton, que explodiu no travessão. No final, Edson Borges, que já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso.

Mesmo com um a menos, o Operário ainda buscou o empate no final. Aos 43 minutos, após bate-rebate na área, Alisson arriscou e o goleiro Maurício Kozlinski falhou feio, deixando a bola passar por entre seus braços: Um frango do goleiro atleticano para sacramentar o empate no final.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 33.ª rodada da Série B. O Atlético receberá o Londrina no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, enquanto o Operário vai jogar contra o Criciúma, mais uma vez, diante de sua torcida.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO-PR 1 X 1 ATLÉTICO-GO

OPERÁRIO-PR – Rodrigo Viana; Maílton, Alisson, Edson Borges e Peixoto; Jardel (Jean Carlo), Índio e Marcelo; Cléo Silva (Schumacher), Felipe Augusto (Uiliam) e Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão.

ATLÉTICO-GO – Maurício Kozlinski; Jonathan, Oliveira, Gilvan e Nicolas; Moacir, Nathan e Jorginho (Pedro Bambu); Aylon (André Luis), Mike (Reginaldo) e Pedro Raul. Técnico: Eduardo Barroca.

GOLS – Pedro Raul, aos 20, e Alisson, aos 43 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Marielson Alves Silva (BA).

CARTÕES AMARELOS – Edson Borges e Índio (Operário-PR); Oliveira, Nathan e Reginaldo (Atlético-GO).

CARTÃO VERMELHO – Edson Borges (Operário-PR).

RENDA – R$ 71.275,00.

PÚBLICO – 5.238 pagantes (5.845 total).

LOCAL – Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.