Paraná Clube empata com o Botafogo-SP na ‘saideira’ da Série B

Jogo foi bem aberto no Durival Britto. 
Em um jogo aberto, o Paraná Clube empatou com o Botafogo-SP em 3×3 na noite desta sexta-feira (29), na Vila Capanema, pela última rodada da Série B. Logo no começo, aos dez minutos, o time paranista abriu o placar. Bruno Rodrigues recebeu perto do bico da área, tocou por cima da zaga para Guilherme Santos, que cruzou rasteiro e fraco para a área. Luiz Otávio, zagueiro do Pantera, tentou tirar a bola e desviou para o gol. O Tricolor termina o campeonato com 56 pontos.

A resposta do time paulista aconteceu três minutos depois. Após jogada ensaiada no escanteio, Lucas Mendes chutou de fora da área, Sciola amorteceu a bola para evitar o gol e Didi aproveitou, na pequena área, para empatar. Jenison, em chute cruzado e de cabeça, quase colocou o Paraná à frente do placar. Matheus Anjos também arriscou de fora da área e Darley fez boa defesa. O camisa 9 paranista e Bruno José, em novas chances, obrigaram os goleiros a praticarem ótimas intervenções.

Depois de duas ótimas defesas de Thiago Rodrigues, o Tricolor apareceu novamente e foi fatal. Em cobrança de escanteio de Matheus Anjos, Jenison se antecipou e cabeceou para as redes, aos 40. Mas, no final, com 47, o Botafogo-SP empatou novamente. Murilo Henrique recebeu de Nadson, ajeitou na área e mandou no ângulo.

Na volta do intervalo, a equipe paulista começou melhor e Nadson quase virou o confronto em chute colocado, que o goleiro paranista se esticou para defender, assim como fez em batida de Bruno José. Já Jenison, após escanteio, poderia ter marcado, mas cabeceou sozinho sem direção.

Com uma intensidade menor que na etapa inicial, as equipes passaram a tocar mais a bola e não ter tanto ímpeto ofensivo. O técnico Matheus Costa, então, iniciou as substituições. Warley estreou na competição na vaga de Alesson e foi em um passe dele que Bruno Rodrigues recebeu e assustou em chute cruzado da intermediária.

O centroavante Marlyson, que se machucou no começo do torneio e passou por cirurgia, retornou nessa partida no lugar de Luiz Otávio. Logo depois, contudo, a Pantera virou. Aos 32, Diego Gonçalves fez seu primero lance no jogo, cortou Sciola e Bauermann e chutou no canto direito de Thiago Rodrigues. Nos últimos minutos, Éder Sciola lançou na área e Bruno Rodrigues desviou de cabeça, decretando o empate. Com 55 pontos, o Paraná é o sétimo colocado e fez sua terceira melhor campanha na Série B de pontos corridos, atrás de 2013 (57, oitavo) e 2017 (64, quarto).

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 38ª Rodada

PARANÁ 3X3 BOTAFOGO-SP

Paraná
Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Luiz Otávio (Marlyson), Fernando Neto (Léo Príncipe), Matheus Anjos, Alesson (Warley) e Bruno Rodrigues; Jenison.
Técnico: Matheus Costa

Botafogo-SP
Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Didi e Vinicius Freitas; Pablo, Marlon Freitas, Nadson (Higor Meritão), Murilo Henrique (Bruno Moraes) e Bruno José; Henan (Diego Gongalves).
Técnico: Hemerson Maria

Local: Vila Capanema
Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)
Assistentes: Vinicius Melo de Lima (RN) e Luis Carlos de França Costa (RN)
Gols: Luiz Otávio (contra) aos 10′ do 1ºT; Didi aos 13′ do 1ºT; Jenison aos 40′ do 1ºT; Murilo Henrique aos 47′ do 1ºT; Diego Gonçalves aos 32′ e Bruno Rodrigues aos 43 do 2ºT;
Cartões amarelos: Luiz Otávio (PAR); Lucas Mendes, Pablo (BOT)
Público pagante: 896
Público total: 1.047
Renda: R$ 13.175,00.

Com lojas físicas, Black Friday vai além desta sexta-feira em Curitiba

A expectativa de vendas para a Black Friday nunca foram tão grandes como neste ano. Com o comércio online e as lojas físicas anunciando promoções, as previsões de vendas que começaram um mês atráscom uma projeção de alta de 2,5% já estava em 15%, ontem, segundo algumas redes. No Paraná, a Rede Muffato previa um crescimento entre 12% e 15% nas vendas neste ano.

O grande chamariz da Black Friday são os preços mais em conta, em teoria para zerar os estoques e preparar para as vendas de Natal. Por conta disso, desde ontem supermercados da Capital, como o Extra e o Condor, já vendem itens promocionais, não limitando-se à sexta-feira. Lojas como Casas Bahia e Ponto Frio também anteciparam as promoções.

E para quem pretende comprar na Black, nem precisa ter muita pressa. Se a opção for por uma loja física, a maioria dos shoppings de Curitiba estão com a campanha de vendas na data que se estende até o domingo. Isso já acontece nos últimos anos,

Uma estimativa divulgada ontem por um instituto nacional, mostrou que 8 de cada dez brasileiros pretende comprar na Black Friday. Em Curitiba, uma pesquisa divulgada pela Associação Comercial do Paraná (ACP) mostrava que sete de cada dez curitibanos iria às compras nesta data.

Cuidados
A Black Friday deve movimentar mais de R$ 3 bilhões. Mas, apesar da euforia, é sempre bom lembrar que pode ser também um ambiente propício para golpes, especialmente na internet. A orientação para o consumidor é só fazer suas compras em site confiáveis.

Também é bom estar com o preço do produto de interesse cotado para não cair em falsas promoções, que em outros anos se natabilizou como a “Black Fraude”.

Em lojas físicas, evitar as aglomerações e se possível, não fazer as compras sozinho. Uma dica é ter em mãos aplicativos que compararm preços, como o do Nota Paraná. E claro, não menos importante, não se deixar levar pela empolgação e gastar mais do que pode, comprometendo o dinheiroda primera parcela do 13º salário, por exemplo.

Curitibano deve gastar R$ 460 em média

Pesquisa da Associação Comercial do Paraná/Boa Vista, feita para identificar o comportamento dos consumidores curitibanos para a Black Friday, constatou que 70% dos entrevistados farão compras nesta Black Friday.

Para esta Black Friday, o ticket médio será de R$ 460. Já quando questionados sobre o quanto pretendem investir nessas compras, por faixas de preço, 51% disseram que irão gastar acima de R$ 600 com as compras de Black Friday.

A pesquisa também identificou que 63% dos entrevistados comprarão produtos que ainda não possuem, enquanto 34% comprarão produtos para substituir outros, ou repor o que já possuem; e apenas 3% aproveitarão a data para aproveitar um lançamento ou por desejarem estar na moda/antenado com as novidades.

Para 51% dos consumidores as compras na Black Friday serão planejadas, e para 49% de oportunidades que eventualmente encontrem no mercado. 65% dos consumidores irão pagar as compras da Black Friday parcelando o valor. Outros 35% disseram que irão pagar à vista. Eletrônicos (43%) e eletrodomésticos (42%) lideram as categoriais com mais pretensão de compra.

Incêndio destrói loja no Centro e põe outros estabelecimentos em risco

O incêndio em uma loja na rua André de Barros
O incêndio em uma loja na rua André de Barros 

Um incêndio destruiu uma loja no Centro de Curitiba, na noite desta quinta-feira (28). O fogo ainda não foi totalmente controlado pelos bombeiros e chegou a colocar em risco outros estabelecimentos que ficaram ao redor da loja. Segundo testemunhas, o fogo chegou a aumentar.

O incêndio foi em uma loja de artigos de couro, localizada na rua André de Barros. Em cima da loja funciona um consultório odontológico. À esquerda, há um restaurante chinês. À direita, uma autoescola.

Segundo os bombeiros, o fogo começou por volta das 18 horas. Não havia ninguém na loja. que já estava fechada a essa hora. A rua André de Barros precisou ser fechada para que os bombeiros pudessem combater as chamas – que se alastraram rapidamente.

Não há informações sobre feridos. A causa do incêndio será investigada.

Protesto vai distribuir vale-combustíveis de R$ 20 nesta sexta em Curitiba. Veja onde

Em protesto contra os sucessivos aumentos de preço,  o Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina vai distribuir mil cupons de R$ 20 em posto curitibano nesta sexta (29). A mobilização dos trabalhadores tem o objetivo de denunciar a política cruel dos preços dos combustíveis. O mote da campanha é “O brasileiro recebe em real, mas paga em dólar!”

A distribuição será no Posto Petrobrás Petro Chile, na esquina da Rua Chile com a Avenida Marechal Floriano Peixoto, em Curitiba, a partir das 9 horas, os petroleiros vão distribuir mil cupons de descontos no valor de R$ 20 para os motoristas abastecerem gasolina ou diesel (limitado a um cupom por veículo). O desconto equivale a R$ 1,00 por litro de gasolina, totalizando R$ 20 de desconto para uma cota de 20 litros. A ação também vale para abastecimento de diesel.

O Sindipetro PR e SC quer preços justos à sociedade. A gasolina, o diesel e o gás de cozinha são cobrados do povo com base na cotação do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional.

A Petrobras aumentou em 4% o preço do litro da gasolina na quarta (27).

Serviço

Mobilização dos Petroleiros por preço justo dos combustíveis aos brasileiros

Data: 29 de novembro (sexta-feira)

Local: Posto Petrobrás Petro Chile (na esquina da Rua Chile com a Avenida Marechal Floriano Peixoto – Curitiba-PR)

Hora: 9h às 18h ou enquanto durar os cupons.

Paraná Clube tenta vencer para registrar 2ª melhor campanha na ‘nova’ Série B

Vitinho: ele entra na vaga de Jhemerson
Vitinho: ele entra na vaga de Jhemerson (

O Paraná Clube pode terminar 2019 registrando sua segunda melhor campanha na história da ‘nova’ Série B. Se vencer o Botafogo-SP, nessa sexta-feira (dia 29) às 19h15, na Vila Capanema, o time paranaense chega a 58 pontos.

Desde que a Série B adotou o sistema de pontos corridos, em 2006, o Paraná disputou 11 vezes a competição. A melhor pontuação foi em 2017, quando terminou em 4º lugar, com 64 pontos, e subiu à primeira divisão.

A segundo melhor até agora foi em 2013, com 57 pontos e a 8ª posição. Naquela ocasião, a equipe foi comandada pelo técnico Dado Cavalcanti nas 38 rodadas. Se vencer o Botafogo-SP, o Paraná de 2019 supera aquela marca, chegando a 58 pontos.

Com a vitória, o paranaense pode passar na tabela o CRB, 6º colocado. O time alagoano joga em Bragança Paulista, contra o Bragantino, campeão antecipado. O CRB não tem mais chances de acesso, assim como o Paraná e o Botafogo-SP.

A partida desta sexta-feira, na Vila Capanema, será apenas para ‘cumprir tabela’.

O PARANÁ NA ‘NOVA’ SÉRIE B

Pontuação e posição final na Era dos Pontos Corridos da segunda divisão nacional

Ano

Pontos

Posição

2019

55

2018

Série A

2017

64

2016

41

15º

2015

47

13º

2014

51

11º

2013

57

2012

52

10º

2011

52

13º

2010

53

2009

53

10º

2008

49

11º

ESCALAÇÃO
O Paraná não terá os zagueiros Fabrício e Rodolfo, suspensos, e o meia Jhemerson, lesionado. Com isso, entram na equipe os zagueiros Leandro Almeida e Eduardo Bauermann e o meia Vitinho. O técnico Matheus Costa vem usando como base o esquema tático 4-2-3-1, com Matheus Anjos centralizado e Bruno Rodrigues e João Pedro pelos lados do campo na linha de três.

João Pedro sofreu uma lesão e retornou ao Athletico para tratamento. Os contratos de empréstimo dele, de Bruno Rodrigues, de Matheus Anjos e do goleiro Lucas Macanhan terminam no final da Série B e todos voltam para o clube da Arena da Baixada.

O Botafogo-SP não terá os zagueiros Leandro Amaro e Plínio, os volantes Willian Oliveira e Jonata Machado, o lateral-direito Lucas e os atacantes Dodô e Julio Cesar. O artilheiro do time na competição é o ponta Murilo, 25 anos, ex-Goiás, com 8 gols em 34 jogos.O destaque da equipe é o volante Marlon Freitas, com quatro assistências e três gols.

PARANÁ x BOTAFOGO-SP
Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Leandro Almeida e Eduardo Bauermann e Guilherme Santos; Luiz Otávio e Fernando Neto; Vitinho, Matheus Anjos e Bruno Rodrigues; Jenison. Técnico: Matheus Costa
Botafogo-SP: Darley; Vinícius, Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo e Marlon Freitas; Bruno José, Nadson e Murilo; Henan. Técnico: Hemerson Maria
Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)
Local: Vila Capanema, sexta-feira às 19h15

Mais da metade dos casos de aids no Paraná se concentra na faixa etária entre 30 e 39 anos

(Foto: Reprodução/Sesa-PR)

A Secretaria de Estado da Saúde promove nesta sexta-feira (29), em Curitiba, ação alusiva ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, 1º de dezembro, instituído pela ONU em 1988, com o objetivo de alertar toda a sociedade sobre a doença. Serão oferecidos testes rápidos para detecção do HIV, das 9h30 às 16 horas, na Boca Maldita. A atividade acontece em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, Sesc/PR e Organizações não Governamentais.

De janeiro de 2007 até dezembro de 2018, o Paraná tem o acumulado de 20.283 casos de Aids. O maior número se concentra na faixa etária de 30 a 39 anos, com 54,6% dos casos. Quanto ao número de pessoas infectadas pelo vírus HIV, houve 18.763 registros de 2007 a 2017 no Estado.

“O Paraná faz um trabalho pioneiro de prevenção e controle à Aids, foi o primeiro estado a descentralizar para os 399 municípios os testes rápidos do HIV e, neste ano, tivemos duas cidades paranaenses, Curitiba e Umuarama, recebendo certificação de eliminação da transmissão vertical do HIV, que é a transmissão da mãe para o filho, durante a gestação. Foram as primeiras cidades brasileiras a receberem o título em 2019”, destaca o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

Ele ressalta que, além da prevenção, a secretaria desenvolve ações diárias, em parceria com as secretarias municipais, que visam monitoramento da doença, acolhimento e acompanhamento de casos e dispensação de medicamentos.

O Paraná mantém ainda atendimento especializado para gestantes com HIV, desde o acesso ao pré-natal, com encaminhamento para atendimento de alto risco, até o nascimento da criança. O Governo do Estado também disponibiliza um tipo de leite especial formulado para as crianças expostas ao HIV, garantindo a nutrição da criança até os 6 meses de idade.

DOENÇA – O vírus da Aids (HIV) destrói as células brancas do organismo, responsáveis por proteger e combater doenças no corpo humano. A pessoa infectada fica fragilizada, possibilitando a chegada de doenças como pneumonia, herpes, infecções e alguns tipos de câncer.

A Aids é transmitida por meio de relações sexuais sem preservativo, transfusões de sangue e compartilhamento de seringas e agulhas. A doença não tem cura. O tratamento, na rede pública, acontece com coquetéis antiaids, quando diagnosticada a tempo, melhorando a qualidade de vida do paciente.

“Por isso, a importância do teste rápido, principalmente, se a pessoa se expôs à relação sexual sem o uso do preservativo. O exame é feito com a coleta do sangue ou fluido oral que, submetidos a reagente, fornecem resultado positivo ou negativo em apenas 30 minutos. É um teste seguro e eficaz”, explica a chefe da Divisão de Infecções Sexualmente Transmissíveis da secretaria, Mara Franzoloso.

No caso de diagnóstico positivo, acrescenta Mara, a pessoa é encaminhada para novos exames e o tratamento tem início imediato. “Este exame pode, inclusive, evitar a instalação da Aids, caso seja feito no período da janela imunológica, que é o intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus e a identificação de anticorpos produzidos pelo organismo”.

Athletico anuncia a renovação do contrato de Lucho González

Lucho González
Lucho González 

Jogador mais experiente do atual elenco e com mais títulos na carreira, o meia Lucho González seguirá escrevendo sua história no Athletico! Aos 38 anos e com 28 taças no currículo, o argentino assinou mais um ano de contrato com o Furacão e permanecerá no Clube para a temporada 2020.

“É uma felicidade muito grande para mim”, comemorou. “Na minha idade, estou mais perto de parar. Então, ter a possibilidade de renovar com o Clube é um reconhecimento por tudo o que fiz. Ao mesmo tempo, tomo como um novo desafio para novas conquistas”, declarou o camisa 3, referência de profissionalismo e comprometimento.

Desde setembro de 2016 no CAT do Caju, Lucho soma 134 jogos com a camisa rubro-negra e três títulos conquistados. Com o meia em campo, o Athletico foi campeão da Conmebol Sul-Americana, em 2018, da Levain Cup e da Copa do Brasil, em 2019.

“Foi mais um ano muito bom para todos nós, como Clube e como equipe. São essas conquistas de títulos importantes que marcam a história e que todos lembrarão no futuro”, destacou. “Aqui eu me sinto em casa, sei que sou importante. E para um jogador estrangeiro, isso é difícil de conquistar”, apontou.

Chamado pelo ex-técnico Paulo Autuori de “animal competitivo”, ele revela o sentimento mesmo perto dos 39 anos.

“O dia a dia me motiva. Estou em um Clube que mudou de patamar, que tem objetivos de conquistas de títulos e que me faz sentir importante. Sei que posso acrescentar coisas dentro e fora de campo. Isso me dá motivação para trabalhar todos os dias com vontade e alegria”, finalizou Lucho.

Fiscalização contra ambulantes irregulares agora será feita em todos os jogos de futebol

Fiscalização em jogo no Couto Pereira, realizado em julho
Fiscalização em jogo no Couto Pereira, realizado em julho 

Equipes da Polícia Militar e do Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo fizeram vistoria no entorno do Estádio Joaquim Américo Guimarães, a Arena da Baixada, na tarde desta quarta-feira (27/11).

A operação iniciou a segunda etapa de operações de combate de vendas de ambulantes irregulares, que teve uma etapa-piloto no entorno do Couto Pereira. Agora todos os jogos terão fiscais, com apoio da Polícia Militar, para combater a venda irregular.

A ação desta quarta aconteceu nas ruas próximas do estádio, onde foram encontrados vários carros estacionados com mercadorias que seriam vendidas antes, durante e depois do jogo entre o Athletico e o Grêmio.

Foram apreendidas 22 garrafas de água, 150 latas de cervejas e 60 de refrigerantes, equipamentos para manipulação de comidas, como fritadeiras, botijão e carrinhos de pipocas. Foram emitidos seis autos de apreensão.

A venda irregular é repreendida, porque, além de se necessário alvará para o comércio de produtos em rua, estes comerciantes não têm cursos e conhecimento sobre boas práticas na manipulação e armazenamento de alimentos.

Orientações
Aos vendedores irregulares, a equipe de Fiscalização do Urbanismo orientou que é possível reaver as mercadorias, desde que tenham as notas fiscais ou possam comprovar que foram adquiridas de forma regular.

Para retirar as mercadorias, é preciso levar o auto de apreensão, onde constam os dados pessoais do vendedor, e pagar a multa aplicada, cujo valor mínimo varia de R$ 150 a R$ 350, de acordo com o tipo de mercadoria apreendida.

O prazo para retirada é de 24 horas para os produtos perecíveis e de até 30 dias para mercadorias. As bebidas alcoólicas apreendidas são descartadas pela fiscalização.

70% dos curitibanos vai aproveitar a Black Friday e 51% gastará mais de R$ 600

Pesquisa da Associação Comercial do Paraná/Boa Vista, feita para identificar o comportamento dos consumidores para a Black Friday, constatou que 70% dos entrevistados farão compras nesta Black Friday.

Para esta Black Friday, o ticket médio será de R$ 460. Já quando questionados sobre o quanto pretendem investir nessas compras, por faixas de preço, 51% disseram que irão gastar acima de R$ 600 com as compras de Black Friday. A imagem abaixo tem os detalhes:

Gastos na Black Friday

01% Até R$ 50

05% De R$ 51 a R$ 100

09% De R$ 101 a R$ 200

09% De R$ 201 a R$ 300

08% De R$ 301 a R$ 400

08% De R$ 401 a R$ 500

09% De R$ 501 a R$ 600

51% Mais de R$ 600

· R$ 460 será o valor médio a ser gasto pelos consumidores

A pesquisa também identificou que 63% dos entrevistados comprarão produtos que ainda não possuem, enquanto 34% comprarão produtos para substituir outros, ou repor o que já possuem; e apenas 3% aproveitarão a data para aproveitar um lançamento ou por desejarem estar na moda/antenado com as novidades.

Para 51% dos consumidores as compras na Black Friday serão planejadas, e para 49% de oportunidades que eventualmente encontrem no mercado.

Forma de pagamento

65% dos consumidores irão pagar as compras da Black Friday parcelando o valor. Outros 35% disseram que irão pagar à vista.

O cartão de crédito será utilizado por 41% dos consumidores. 19% vão pagar em dinheiro e 16% no cartão de débito.

57% farão as compras de forma online. Já 43% em lojas físicas. Destes, 45% deverão ser realizadas em shopping centers, redes varejistas e lojas de departamento, 39% em lojas de bairro e 16% em hipermercados.

Eletrônicos (43%) e eletrodomésticos (42%) lideram as categoriais com mais pretensão de compra nesta Black Friday, seguidos por celulares (36%) e itens de moda e acessórios (34%). Cada consumidor pôde eleger mais de uma categoria de produtos (múltipla escolha).

Não vou comprar porque…

30% dos consumidores entrevistados pela ACP/Boa Vista disseram que não pretendem fazer compras na Black Friday. Entre as razões destacadas por eles, principalmente, o fato de não terem o hábito de fazer compras por não perceberem vantagens econômicas na data, em 29% dos casos, e por estarem sem condições financeiras (endividados), em 18% das menções, como mostra a imagem a seguir.

Motivos para não comprar:

29% Não costuma fazer compras nesta data/em vantagem

18% Endividado/sem condições financeiras

15% Contenção de despesas

13% Priorizará o pagamento de outras contas da casa

12% Aumento de preços/Juros/inflação

09% Desemprego

04% Redução de renda/salário

Praias de água doce do Paraná são dez vezes mais extensas que o Litoral

Santa Helena, banhada pelas águas do Lago de Itaipu: praia de água doce
Santa Helena, banhada pelas águas do Lago de Itaipu: praia de água doce

O Paraná tem mais de mil quilômetros de cursos d’água contínuos nas divisas com São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraguai, formados pelos imponentes rios Paranapanema e Paraná. De uma ponta a outra, estes rios desenham os contornos do Estado somando incontáveis praias de água doce em margens aumentadas pelos imensos lagos das usinas Chavantes, Capivara, Taquaruçu, Rosana e Itaipu.

É espaço para praias, banhos e esportes aquáticos. Numa comparação simplista, a extensão destas praias de água doce é dez vezes a do Litoral do Paraná, que tem 98 quilômetros, uma das menores entre os estados com a cara para o mar, maior apenas que o Piauí, que tem 66 km.
Até por isso, o potencial destas áreas distantes do Oceano Atlântico são do seu próprio tamanho. Além do que, além de banhos refrescantes, os locais possuem atrativos a mais, como passeios de lancha e escuna, pescaria farta, acompanhado pela beleza natural destas regiões.
Abaixo alguns exemplos de cada uma das regiões do Paraná banhadas por grandes rios ou cursos d’água. Encontramos até no Rio Iguaçu.



 

Paraíso no Noroeste – Porto Rico fica no Noroeste do Paraná, na divisa com o Mato Grosso do Sul e conta com aproximadamente 28 km de margem do Rio Paraná. Com uma largura média de 1500 m, a área é ideal para a prática de esportes aquáticos. A população chega a crescer quatro vezes na temporada. São várias praias às margens do “Paranazão”, as mais conhecidas são Praia de Santa Rosa, Praia do Carioca, Praia Cabeça da Ilha Mutum, Praia do Toco, Praia do Porto São José e Praia Ilha Mineira.


Prefeitura de Santa Helena

Encanto no Lago de Itaipu – O turista que visita Santa Helena irá se encantar com a fauna, flora, além da riqueza cultural e histórica da cidade. Banhada pelas águas do Lago de Itaipu, ela está localizada no centro da Costa Oeste do Paraná, e é uma das representates do farto turismo de lazer que os municípios lindeiros do lago ofertam. No seu balneário acontecem festas como o revéillon, lançamento do Carnaval, além das festas locais.


Prefeitura de Cruzeiro do Iguaçu

Rio Iguaçu também tem praia – A praia artificial de Cruzeiro do Iguaçu localiza-se no Distrito de Foz do Chopim, e é banhada pelas águas do Lago da Usina de Salto Caxias (Rio Iguaçu). No local acontece o Grande Evento do Show da Virada. Os pontos altos do evento são o show pirotécnico, na Balsa que faz a travessia do rio e os shows musicais. Anualmente, no mês de Novembro, acontece a Romaria em Honra a Nossa Senhora da Saúde.


Prefeitura de Marilena

A menina dos rios – Marilena está localizada no extremo Noroeste do Paraná. O município é conhecido carinhosamente como A Menina dos Rios, por ter o privilégio de ser o ponto de encontro dos rios Paraná e Paranapanema, e também local de tríplice fronteira entre o Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. O município é conhecido por suas lindas praias de água doce e belezas naturais. Festividades tradicionais ocorrem na cidade, como a Festa do Peixe na Telha e a Festa do Milho.


 

Rodeada pelas águas – Primeiro de Maio é rodeada pelas águas da represa da hidrelétrica de Capivara, no rio Paranapanema, no Norte do Estado. O terminal turístico e as chácaras de lazer são grandes atrativos aos visitantes, que aproveitam suas estruturas situadas ao redor da represa para passarem os finais de semana com familiares e amigos. É possível também alugar lanchas para passeios na represa.



Prefeitura de Carlópolis

Angra Doce – O projeto Angra Doce engloba cinco cidades do Paraná — Carlópolis, Jacarezinho, Ribeirão Claro, Salto do Itararé e Siqueira Campos — e dez de São Paulo — Barão de Antonina, Bernardino de Campos, Canitar, Chavantes, Fartura, Ipaussu, Itaporanga, Piraju, Ourinhos e Timburi — que apoveita as águas da Usina de Chavantes, no Norte Pioneiro, para alavancar o turismo de lazer, seja com a boa pescaria ou os recantos para relaxar em meio à natureza.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: