Coronel que estuprou criança de 2 anos recebe salário de 34 mil todo mês

Em maio de 2017, o coronel reformado da PM Pedro Chavarry Duarte foi condenado a 11 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável de uma menina de 2 anos cometido em 2016. O coronel também foi condenado por corrupção ativa, pois além de ter abusado da criança, ofereceu dinheiro aos policiais militares que o prenderam em flagrante.

O coronel continua integrando os quadros da PM e recebendo salário. Em setembro, ele ganhou R$ 34.614,16 brutos, de acordo com informações do Rio Previdência.

O Tribunal de Justiça do Rio suspendeu, no último dia (19/09), o processo de expulsão do coronel. Os desembargadores da 5ª Câmara Criminal decidiram aguardar o resultado definitivo de um recurso de apelação, no qual Chavarry recorre da condenação.

Além disso, o oficial também é acusado de envolvimento com um grupo de pedófilos. Os homens, segundo investigação da Polícia Civil do Rio, usavam duas casas na Zona Norte do Rio para abusar sexualmente de uma criança e um adolescente, que são irmãos.

A maioria dos acusados dos abusos faziam parte de um grupo de amantes de carros antigos que costumavam participar de encontros. Em depoimento à polícia, testemunhas relataram que as vítimas apanhavam e eram ameaçadas para que não contassem sobre os crimes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.