Suspeito de matar companheira em Tunas do Paraná é preso

Mãe e irmã da vítima também foram baleadas

  

Jailson Antonio Macedo, de 28 anos, foi preso pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (2). O homem é acusado de ter matado a mulher e ainda baleado a sogra e a cunhada na última segunda-feira (29). Desde o crime, cometido em Tunas do paraná, na Região Metropolitana de Curitiba, o suspeito estava foragido.

Nesta sexta-feira (2) o homem se apresentou à delegacia de Bocaiúva do Sul e permanece preso. A sogra do suspeito continua internada em estado estável, com dreno no tórax e fora de perigo.

Suspeito de crime em Tunas é preso

De acordo com a polícia que investiga o caso, Jailson confessou o crime e revelou que não aceitava o fim do relacionamento com Taciele Carine Santos, que foi morta na última segunda-feira (29). O homem já tinha mandado de prisão preventiva aberto e foi preso ao se apresentar na delegacia nesta sexta-feira (2).

Antes de se entregar, um parceiro do suspeito tentou negociar com a Polícia Civil a liberdade de Jailson. Entretanto, os policiais conseguiram efetuar a prisão.

Jailson é acusado pelos crimes de feminicídio, além de duas tentativas de homicídio.

Estado das vítimas

Além da ex-mulher, que morreu, outras duas pessoas foram atingidas pelo suspeito. A irmã de Taciele, Taciane dos Santos recebeu alta nesta quinta-feira (1). Já a mãe das outras duas vítimas, Autair dos Santos continua internada em estado estável. Com dreno no tórax, a idosa não corre risco de morte.

Confira mais informações sobre o caso:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.