Pare de anunciar ao Universo os seus problemas e frustrações! Anuncie suas conquistas e momentos felizes!


Muitas vezes nos sentimos tão angustiados que acreditamos que desabafar com “amigos” ou em nossas redes sociais trará alívio, paz e solução para nossos problemas.

Lamento informar que a vida real não é assim.

Os amigos que acreditamos serem parceiros, possuem sua própria dose de frustração e problemas, e nem sempre estão dispostos a ouvir ou oferecer uma solução às nossas angústias.

Pior ainda, quando nosso problema é um caso repetido. Quantas e quantas vezes cometemos os mesmos erros, fazemos as mesmas escolhas erradas e queremos que, em um passe de mágica ou milagre, os resultados sejam diferentes?

Fazemos de reféns os amigos, parentes, companheiros, com a mesma lamúria, dizendo que a vida não é justa, que somos pessoas boas e não entendemos como coisas ruins acontecem o tempo todo, blá, blá, blá.

PARE! Toda vez que anunciamos ao UNIVERSO nossas fraquezas e frustrações, atraímos mais e mais energia negativa.

RECLAMAR (clamar 2 vezes) significa que não queremos nos livrar dessa ou aquela situação.

Reclamar torna-se um hábito. Ao anunciar aos amigos, parentes, colegas seus problemas, esteja preparado para não obter ajuda ou solidariedade. Afinal TUDO acontece devido às escolhas que fazemos.

“Mas Gu, então não posso dizer que estou triste com a morte de um ente querido, nem ficar desorientado pois devido a uma chuva ou incêndio minha casa foi destruída?”

Tristeza é sentimento individual, cada um sente de uma maneira a dor e a saudade. Perder bens materiais é cruel, mas a única opção é ir atrás de seus direitos, buscar forças não sei de onde e recomeçar. A maturidade me ensinou e mostrou que nada, mas nada muda se EU não tomar as rédeas da situação. Anunciar nossos problemas ao universo real e virtual só traz uma divulgação gigantesca de nossa fraqueza.


Quantas e quantas pessoas estão ali somente para ver o circo pegar fogo e torcer para que caiamos cada vez mais? O mundo está lotado de pessoas que vibram pelo fracasso alheio (infelizmente).

O texto parece amargo? Pois bem, o texto é realista. Temos que aprender que somos os únicos responsáveis por nossa felicidade ou infelicidade, sucesso ou fracasso.

Está infeliz com seu trabalho ou com seu chefe? Pare de Reclamar! MUDE! Ouse. Busque algo que lhe trará satisfação profissional ou pessoal. Difícil? País em crise? SIM. Mas paz de espírito é muito melhor que um salário abastado.

Está frustrado com seu relacionamento de tantos anos? Converse abertamente com seu parceiro(a), exponha suas decepções, diga seus sonhos e desejos e se nem assim houver mudança, DESAPEGUE. A dor do término será passageira. Já a dor de um relacionamento a dois sem perspectiva  dura pra sempre.

Está infeliz com sua forma física? Pare de reclamar. Comece lentamente a mudar hábitos alimentares, faça exercícios, corte os cabelos, vá ao nutricionista, faça qualquer outra coisa. Só PARE de culpar tudo e todos por ter chegado onde chegou.

Está frustrado com seu orçamento financeiro? PARE de gastar com supérfluos. Tire o cartão de crédito de sua rotina, esqueça o cheque especial. APRENDA a viver com o que você tem e realmente precisa.

Maturidade é isso. Entender que reclamar dos problemas e frustrações de nada adianta. O que resolve mesmo é ir à luta, buscar soluções, aprender a conviver e lidar com as escolhas que fazemos e, a cada dia, procurar uma maneira de ser feliz, mesmo que TUDO nos leve a crer que não é possível.

Anuncie ao UNIVERSO suas conquistas e momentos felizes! Reflita!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.